> Romildo Araújo Lima (Ral), nasceu em Arcoverde (PE), em 18 de janeiro de 1951.

>
Na Copa do Mundo de 1958, enquanto rabiscava na calçada (com pedaços de giz, carvão ou telha) os heróis dos quadrinhos da época e ao mesmo tempo escutava os jogos transmitidos pelo alto falante da rádio local, havia decidido: seguiria a carreira de jogador ou de desenhista de quadrinhos.

>
Aos 13 anos, destacava-se jogando como meia-esquerda pelo time do colégio. Foi então convidado a fazer um teste no clube de futebol da cidade. Porém, por ser muito franzino passou o tempo todo fugindo das trombadas com os jogadores profissionais.

>
Desistiu do futebol após ver um anúncio de um curso de desenho por correspondência, num gibi da época. Convenceu os pais a investir na profissão de desenhista. O curso, da Escola Panamericana de Arte, de São Paulo, contava com professores famosos como o desenhista de quadrinhos Flávio Colin, de quem era


> Aos 15 anos, em 1966, a família muda-se para o Recife. Enquanto estuda o curso científico, cai em campo a procura de trabalho, enviando várias histórias em quadrinhos (de cowboys e terror, a moda da época) para as editoras de São Paulo, mas não obtém sucesso.

>
Em 1968, por sugestão do irmão mais velho, começa a praticar caricatura e desenho de humor para oferecer aos jornais locais. Publica alguns trabalhos no Jornal do Commercio mas este não demonstra interesse em contratação.Tenta ingressar no suplemento infantil da época (“Júnior”) do Diario de Pernambuco. Editores dão chá de cadeira, depois mandam voltar “na próxima semana”. Na outra semana a cena se repete, etc, etc.


> Em 1969, folheando uma revista da Editora EDREL (São Paulo), que publicava revistas de anedotas e cartuns, descobre um concurso para novos desenhistas de humor. É aprovado e recebe carta do editor Minami Keize elogiando os trabalhos. Participa durante três anos como colaborador remunerado. Em 1971, após o fechamento da editora, ingressou numa agência de publicidade.

Daí em diante, trabalhou como:


>
Ilustrador/progamador visual (1971 a 1997) nas empresas:
Alcântara Publicidade - Aliança Propaganda - Directivos Consultoria - Jornal do Commercio - Folha de Pernambuco - Gazeta Mercantil (PE)

>
Editor de arte no Diario de Pernambuco (março 1995 a fevereiro 1998)

>
Profissional autônomo desde 1999 executou serviços de diagramação, ilustração e editoração eletrônica (cartilhas, manuais e jornais internos) para:

- empresas
: Kibon Sorvane, Motogear, Açonorte, Cia. de Melhoramentos, Prefeitura do Recife, Prefeitura de Olinda, Fcap, entre outras

- associações/sindicatos
: Banco Central, Caixa Econômica, Conselho Fonoaudiologia-PE, Sindicato dos Previdenciários, Sindicato dos Enfermeiros etc.


CURSOS
> Desenho Básico - Cuso por correspondência da Escola Panamericana de Arte (S. Paulo)

>
Economia (incompleto) na UFPE e Jornalismo (incompleto) na Unicap.

>
Editoração Eletrônica/Computação Gráfica (Iteci e Diário de Pernambuco) com aptidão aos programas : Corel Draw, PageMaker, Quark-X-press, Free Hand e Photoshop

>
Diseño, Tipografia Y Color para Diarios en Español - Poynter Institute (Flórida-USA)


ATIVIDADES DE CARTUNISTA

>
Publicou cartuns, charges e ilustrações no Pasquim, Revista Vozes e Visão (RJ/SP); Jornal do Commercio, Diário da Noite, Jornal da Cidade, Cadernos do Nordeste e Cadernos GAJOP, O Rei da Notícia, Revista Continente Multicultural (Recife/Olinda), Ragú.

>
Quadrinhos publicados
- Jornal do Commercio (Recife): publicou, durante 2 anos, a tira “Boi Misterioso”
- Folha de Pernambuco: publicou durante 6 meses, a tira “Achados e Perdidos”
- Diario de Pernambuco: publicou durante 1 ano a tira “Aborrecentes”

>
Foi um dos fundadores dos jornais humorísticos “A Xepa” e “Papa-Figo”.

>
Participações
- Antologia Brasileira de Humor (vol.2)
- Enciclopédia Del Humor (Colômbia)
- Salões de humor nacionais (Recife, Piracicaba, Niterói)
- Salões de humor internacionais (Berlim, Atenas, Canadá e Japão).

>
Prêmios
- 1º lugar no concurso de cartazes do I Festival de Cinema Super-8 (Recife-1977)
- 2º lugar no I Salão Nacional de Humor de Pernambuco (1983)
- Menção honrosa no Salão Internacional de Humor de Piracicaba (1991).

>
Homenagem
- Cartunista homenageado no IX Salão Internacional de Humor de Pernambuco (set/2007)


ATUALMENTE,
- Desde 1997 trabalha (período da manhã) como designer/ilustrador no Sindicato dos Previdenciários de Pernambuco (Sindsprev-PE) e o resto do tempo atua como free lancer para outros sindicatos e empresas.

- A partir dessa época publicou, esporadicamente, nas revistas Continente Multicultural e Ragú.

- Teve uma vinheta (Plim-plim) selecionada e veiculada pela Rede Globo (julho 2006 a julho 2007)

- Inicia (set/2007) publicações de cartuns e ilustrações no site espanhol La Insignia (www.lainsignia.org/)

- Lança (out/2007) o blog Ralmanaque. Organiza coletânea de trabalhos para publicar, em 2008, o primeiro livro.